A ARTE DE ENGOLIR SAPOS

Vivemos o tempo do olho por olho e dente por dente!
Do mexe comigo não porque sou ungido! Do bateu levou! Saiu da minha denominação é o mesmo que escolher ir para inferno, persigo mesmo!
Mas é assim que um seguidor de Jesus deve se comportar?
Como Jesus se comportou quando foi perseguido e caluniado? Quando foi chamado de Belzebu e quando foi crucificado?
Em nenhum momento ele amaldiçoou seus opositores. Em nenhum momento ele usou seu poder para destruir seus inimigos, aliás esse foi um dos motivos da rejeição do povo de Israel eles esperavam um rei que destruísse todos os seus inimigos debaixo de seus pés. Eles não esperavam um Rei pacífico, perdoador, que ensinava a amar os inimigos.
E hoje, a quem você está seguindo?
O deus que esmaga seus inimigos ou o Deus que ama seus opositores? O deus da vingança?
Simples! Como você age quando é contrariado?
Quando você ouve algo que não gosta.
Como você age quando algum irmão sai da sua igreja indo para outra? Você o amava e agora você quer vê-lo derrotado, na lama… Ele se tornou seu inimigo, rejeitou você e sua denominação agora você deseja que Deus pese a mão sobre ele! Você se alegra quando fica sabendo que ele não está bem e ainda diz, viu!
Você revida imediatamente quando é contrariado?
Se você age assim você não é um seguidor de Jesus; Você pensa ser, mas não é!
Jesus foi um engolidor de sapos! Ele foi como cordeiro mudo para o matadouro! Isaías 53:7. Ele amou seus inimigos. mateus 5:38-47.
A arte de engolir sapos é para seguidores de Jesus Cristo o Nazareno!
Quantos querem usar a fé para destruir o próximo, articulando perseguições, vinganças, palavras de ódio, maldições…
Caro e amado irmão se você age assim é tempo de se converter e se tornar um discípulo de Jesus Cristo!
Pedro aprendeu a lição, veja o que ele escreve em I Pedro 3: 8 e 9. Concluindo, tende todos vós o mesmo modo de pensar, demonstrai compaixão e amor fraternal, sede misericordiosos e humildes, não retribuindo mal com mal, tampouco ofensa com ofensa; ao contrário, abençoai; porquanto, foi justamente para esse propósito que fostes convocados, a fim de também receberdes bênção como herança.
Grande abraço!
Pr. Daniel Moura

0 respostas

Deixe o seu comentário

É obrigatório inserir seu nome e email.
Não publicaremos ou usaremos seu email. Esta medida serve apenas para evitar spans nos comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *