Não cometa suicídio intelectual!

Muitos cristãos abandonam suas vidas por conta da mentalidade pré milenista que ensina que já que em breve serei arrebatado e esse mundo será queimado, eu não preciso investir no meu futuro. Muitos nem pensam em estudar, não há investimento na área acadêmica, profissional, muitas vezes nem mesmo na familiar. Há um sentimento enganoso de urgência (Preciso trabalhar para Cristo, porque ele está voltando!). Trabalhar para Cristo também é investir na sua vida intelectual, no seu crescimento como indivíduo, como profissional…. A mentalidade pré milenista está impregnada em toda teologia Latino Americana, por isso é comum você ouvir Pastores incentivando seus membros a largar os estudos, o trabalho e até a família afirmando que essas áreas podem atrapalhar a vida espiritual, causando um distanciamento das coisas de Deus (Cultos!).

Meus queridos o que é Reino de Deus se não transformar a sociedade através da sua palavra! E como eu vou transformar a sociedade se eu não me envolvo com ela? Fomos chamados para ser luz em meio as trevas, mas o que vemos é contrário disso, fazemos da igreja um casulo onde nos refugiamos do mundo que jaz no maligno, acreditamos que tudo fora da igreja é mal, está contaminado pelo diabo e será destruído… Essa mentalidade religiosa tem lotado igrejas de pessoas religiosas que vivem de culto em culto sentindo o mover de Deus, porém estacionadas em suas vidas como árvores egoístas que preferem ver seus frutos caindo no chão do que permitir que aves de toda espécie venham se alimentar deles. Tanto talento enclausurado dentro dos templos numa briga constante de egos. Para que serve o poder de Deus se não para manifestarmos esse poder num mundo caído e carente dessa manifestação. Atos 2 o dia de Pentecoste marcou o desejo de Deus em encher seus filhos com o Espírito Santo para que eles pudessem com esse poder levar o Reino de Deus as nações. Por isso eles falaram naquele dia as línguas das nações. Pentecostes foi um sinal e um envio ao evangelismo mundial! Hoje geramos cristãos para a denominação e não para o Reino! Geramos nos novos convertidos a mentalidade de medo do mundo!
– Não se envolva com o mundo porque ele vai te tragar te distanciando da igreja! A igreja está criando uma geração de crentes imaturos e fracos na fé com essa orientação, eu creio que devemos ensinar justamente o contrário disso! – Vá, se envolva, cresça, tenha relacionamentos, se envolva nas artes, na cultura, na política…. Não se deixe contaminar pelo mundo mas contamine o mundo com o amor de Deus! O grande problema é que temos um sistema de conversão frágil, onde muitas pessoas não se converteram verdadeiramente, esses indivíduos sim, em contato com o mundo serão engolidos por ele, mas o cristão verdadeiramente convertido não, através do seu testemunho ele brilha como luz em meio as trevas.
Na oração de jesus em João 17 ele faz declarações importantíssimas a respeito dessa questão, destaco algumas aqui: Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo –João 17:18. Estando eu com eles no mundo, guardava-os em teu nome. Tenho guardado aqueles que tu me deste, e nenhum deles se perdeu, senão o filho da perdição, para que a Escritura se cumprisse – João 17:12. Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal – João 17:15.
Oro por cristãos envolvidos na artes, na cultura secular, política… Cristãos de verdade que façam a diferença na sociedade! Oro por cristãos que se envolvam com a sociedade e que não fujam dela! Oro por cristãos que se tornem uma referência nas áreas da vida! Oro por cristãos que compreendam que Reino de Deus não é apenas culto ou templo, mas Reino de Deus é onde eu estou levando a imagem e semelhança do Deus vivo! Enchemos os crentes de cultos com o intuito de aumentar a espiritualidade, ótimo mas espiritualidade que não frutifica é religiosidade! Precisamos dar tempo para que os cristãos manifestem essa espiritualidade no mundo e não somente na igreja!
Lembre- se, Jesus disse: “Observai! Eu vos envio como ovelhas entre os lobos. Sede, portanto, astutos como as serpentes e inofensivos como as pombas. Mateus 10:16”.
Bem queridos tenho muita coisa para escrever sobre esse assunto, mas vou parar por aqui, logo volto com esse tema novamente!
Se você gostou, compartilhe, indique!
Abraços.
Pr. Daniel Moura

0 respostas

Deixe o seu comentário

É obrigatório inserir seu nome e email.
Não publicaremos ou usaremos seu email. Esta medida serve apenas para evitar spans nos comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *