Ou você vence e se torna senhor, ou perde e se torna escravo!

Ou você vence e se torna senhor, ou perde e se torna escravo!

“…aquele que é vencido fica escravo do vencedor.” (2 Pedro 2.19).
Davi e Golias

“…aquele que é vencido fica escravo do vencedor.” (2 Pedro 2.19).

Então, saiu do arraial dos filisteus um homem guerreiro, cujo nome era Golias, de Gate, da altura de seis côvados e um palmo. Trazia na cabeça um capacete de bronze e vestia uma couraça de escamas cujo peso era de cinco mil siclos de bronze. Trazia caneleiras de bronze nas pernas e um dardo de bronze entre os ombros. A haste da sua lança era como o eixo do tecelão, e a ponta da sua lança, de seiscentos siclos de ferro; e diante dele ia o escudeiro. Parou, clamou às tropas de Israel e disse-lhes: Para que saís, formando-vos em linha de batalha? Não sou eu filisteu, e vós, servos de Saul? Escolhei dentre vós um homem que desça contra mim. Se ele puder pelejar comigo e me ferir, seremos vossos servos; porém, se eu o vencer e o ferir, então, sereis nossos servos e nos servireis. Disse mais o filisteu: Hoje, afronto as tropas de Israel. Dai-me um homem, para que ambos pelejemos. Ouvindo Saul e todo o Israel estas palavras do filisteu, espantaram-se e temeram muito.” (1Samuel 17.4~11)

Apresentou-se ao exército de Israel um gigante de mais de 3 metros de altura que começa a afrontá-los. Durante 40 dias pela manhã e a tarde pedia um homem para duelar contra ele, se esse homem o ferisse e o vencesse, eles passariam a ser escravos do povo de Israel; porém se o gigante vencesse o duelista, Israel seria escravo dos Filisteus.

Assim acontece nos dias de hoje, esses gigantes sempre aparecem nos nossos caminhos; a crise, um problema na família, uma doença, etc. O que fazer? Fugir ou enfrentar? A vida é um duelo constante.

Ou a pessoa vence e se torna senhor, ou ela perde e se torna escravo, como está escrito: “…aquele que é vencido fica escravo do vencedor.” (2 Pedro 2.19). Muitas são as pessoas que têm sido vencidas pelo gigante: das dívidas, doenças, separação, miséria, vícios, etc.

Só existe um jeito de mudar esta situação, ela tem que ir para o duelo, não pode se intimidar diante dos problemas, como disse Davi: “Quem é, pois, esse incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo?” (1Samuel 17.26b). Davi tinha uma fé viva em Deus, e usa esta expressão, “quem é esse…?” Ou seja, Davi não se intimidou com o tamanho do problema, pois o que estava dentro dele era maior. Muitos veem o tamanho dos seus problemas e ficam amedrontados, e é justamente isso que o diabo queria causar.

“Todos os israelitas, vendo aquele homem, fugiam de diante dele, e temiam grandemente, e diziam uns aos outros: Vistes aquele homem que subiu? Pois subiu para afrontar a Israel. A quem o matar, o rei o cumulará de grandes riquezas, e lhe dará por mulher a filha, e à casa de seu pai isentará de impostos em Israel. Então, falou Davi aos homens que estavam consigo, dizendo: Que farão àquele homem que ferir a este filisteu e tirar a afronta de sobre Israel? Quem é, pois, esse incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo? E o povo lhe repetiu as mesmas palavras, dizendo: Assim farão ao homem que o ferir.” (1Samuel 17.24~27)

Davi ficou sabendo que aquele que vencesse o gigante seria acumulado de grandes riquezas, casaria com a filha do rei (princesa) e a família seria isenta de impostos em Israel; ele viu ali uma grande oportunidade de mudar de vida, pois confiava que Deus iria lhe dar a vitória, ele transferiu aquele problema para Deus, quando disse que ele estava afrontando o exército de Deus.

Davi não fazia parte do exército de Israel, porém dentro dele havia um guerreiro, nenhum dos que estavam no exército de Israel ousou enfrentar o gigante, inclusive os irmãos de Davi. Eles faziam parte do exército de Israel, mas o verdadeiro guerreiro era Davi, eles estavam no exército, mas não estavam na Guerra, esta é a grande diferença; existem pessoas que até estão na igreja, mas não estão na fé, não estão na Guerra.

“Tomou o seu cajado na mão, e escolheu para si cinco pedras lisas do ribeiro, e as pôs no alforje de pastor, que trazia, a saber, no surrão; e, lançando mão da sua funda, foi-se chegando ao filisteu…”

“Sucedeu que, dispondo-se o filisteu a encontrar-se com Davi, este se apressou e, deixando as suas fileiras, correu de encontro ao filisteu. Davi meteu a mão no alforje, e tomou dali uma pedra, e com a funda lha atirou, e feriu o filisteu na testa; a pedra encravou-se-lhe na testa, e ele caiu com o rosto em terra. Assim, prevaleceu Davi contra o filisteu, com uma funda e com uma pedra, e o feriu, e o matou; porém não havia espada na mão de Davi. Pelo que correu Davi, e, lançando-se sobre o filisteu, tomou-lhe a espada, e desembainhou-a, e o matou, cortando-lhe com ela a cabeça. Vendo os filisteus que era morto o seu herói, fugiram.” (1Samuel 17.40,48,49,50)

É tempo de prevalecer!

Em nome Jesus…”somos mais que vencedores!”

0 respostas

Deixe o seu comentário

É obrigatório inserir seu nome e email.
Não publicaremos ou usaremos seu email. Esta medida serve apenas para evitar spans nos comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *